Evidência de 3500 anos da Canaã bíblica é encontrada em Israel

 Evidência de 3500 anos da Canaã bíblica é encontrada em Israel

Fragmento de cerâmica (Foto: Reprodução/Instituto Arqueológico Austríaco)

Nesta quinta-feira (15) a revista Antiquity publicou um estudo falando de que foi encontrado em Israel uma escrita datada de 3500 anos, época da Canaã bíblica, o escrito é o mais antigo descoberto e servirá como apoio para maior compreensão dos primórdios alfabéticos.

A escrita foi encontrada em um fragmento de cerâmica na região Shephelah, no centro-sul de Israel, e apresentava uma combinação de seis letras e duas linhas.

A descoberta aconteceu durante uma escavação do Instituto Arqueológico Austríaco em Tel Lachish, um dos sítios mais importantes de Israel, no ano de 2018.

Bíblia relata várias vezes a cidade de Tel Lachish, também chamada de Laquis, inclusive ela foi destruída pelos israelenses durante a conquista de Canaã, depois virou uma cidade importante para os judeus e foi destruída no século 7 a.C. pelos assírios.

Preenchendo a história do alfabeto ao longo dos séculos

Segundo o Dr. Felix Höflmayer, co-diretor da escavação na cidade antiga, disse que o acha da escritura vai ajudar a desvendar os mistérios sobre as primeiras escritas alfabéticas, junto com outras evidências encontradas, os alfabetos semíticos e outras no Monte Sinai.

Segundo o Dr. Felix, os artefatos vão dar pistas para estudar as lacunas que ficou na história sobre o descobrimento do alfabeto:

“Sabemos que o alfabeto primitivo foi inventado no Sinai aproximadamente no século 19 a.C. Ele ressurgiu no sul do Levante (dias modernos de Israel, Palestina e Jordânia) muito mais tarde, apenas por volta dos séculos 12 e 13, mas não tínhamos pistas sobre o que aconteceu entre esses dois períodos”, explicou ele.

FONTE: GOSPEL PRIME

redação

redação

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *